Modelo site3

Resenha “Salvos pelo Amor” pelo Blog Mato por livros

DSC01012

Resenha do Livro – Salvos Pelo Amor de Juliane Rodrigues

 

Mais um livro que me faltam palavras.

Esse ano está complicado de resenhar.

Fica difícil quando não se tem palavras o suficiente para expressar o que você realmente esta sentindo.

Mas vou tentar.

Clara é uma moça simples, de origem humilde e que sempre fez muito esforço para conquistar as coisas em sua vida. Apesar de ser uma moça forte esconde em seu intimo o medo de não ser digna do amor de um homem, já que julga sua falta de atrativos um peso muito grande e que um homem nunca poderá amá-la sendo feia.

Nic não é o extremo oposto, mas também nunca foi muito forte, e lutar pelas coisas não faz muito seu tipo, ele acha que se revoltar, brigar e beber faz com que os problemas se mantenham longe. E sempre achou que a beleza é algo muito importante, principalmente para uma mulher que esteja ao seu lado.

Clara trabalha com assessoria em uma gravadora, Nic é um guitarrista em uma banda assessorado por ela.

Ambos tentam se evitar, salvo e-mail’s de negócios, e cumprimentos formais quando se encontram. Até o dia que com raiva porque sua namorada terminou com ele e disse que ele não encontraria uma mulher melhor que ela, ele disposto a provar o contrário decide que irá conquistar Clara e provar que sua ex estava errada.

Clara não é nenhuma boba e logo percebe que algo está errado, mas mesmo assim não repele a aproximação de Nic, mas também não torna nada fácil. Uma pequena amizade começa a nascer, até Nic fica muito doente e sem ter quem o ajude e sem poder ficar sozinho, Clara se oferece para cuidar dele e ajudar em sua recuperação.

“…Posso tudo, mas sozinho não consigo nada.”

Clara se torna sua salvadora, o anjo em sua vida.

Eles mudaram a vida um do outro. Eles foram a redenção, mas ao mesmo tempo, senão enfrentassem seus medos, poderiam ser a perdição…

“Ele relembrou tudo que havia dito a Clara e afirmou para si mesmo que, como ‘a melhor e o pior, formariam um casal perfeito’, mas pensou isso por pura ironia, por ela ser tão boa quanto ele jamais seria.”

Uma história de amor, de fé, de redenção, de buscar o melhor que há dentro de cada um de nós, mas acima de tudo, de acreditar.

De acreditar em Deus, de acreditar em nós, mas mais ainda acreditar no poder do amor.

Eu me emocionei demais com essa história, ri, chorei, torci junto com eles, tive meu coração partido, curado, e depois chorava novamente, sorria novamente. Mas cada capítulo, cada palavra despertava novos sentimentos.

Clara é tão doce e dona de um coração tão puro que foi impossível não me lembrar de outras personagens que eu amo muito. Mas pensando no casal foi impossível não sentir uma lembrança muito boa de Jamie e Landon de Um Amor para Recordar, ela a mocinha sem graça, mas com um coração capaz de amar o mundo, ele o mocinho com pinta de bad boy, mas que esconde um rapaz capaz de amar profundamente por trás dessa fachada. Mas as semelhanças param por ai, Juliane cria personagens únicos e com personalidades fortes, cada um tentando lutar por sua felicidade em seu mundo. O envolvimento com Clara é total logo no inicio eu já estava encantada com Clara, querendo estar com ela, ser amiga dela. Ela é uma pessoa maravilhosa, é o tipo de pessoa que todos gostaríamos de ser, mas ás vezes é tão difícil…

Juliane soube dar até uma pequena dose de mistério ao romance. Eu amo ler romances, e leio por gostar de conhecer a história de amor de pessoas diferentes, ou seja, cada um com sua história, com seus problemas, seus medos, seus sonhos. Mas não vou negar que quando encontro um pouco de mistério a história me conquista um pouco mais. E no final do capitulo sete, eu estava surtando de expectativa com o que ia acontecer no desenrolar da história. E confesso que a história da vida de Nic me surpreendeu.

A narrativa é em terceira pessoa, e é tão envolvente que parece que Juliane está conversando conosco e contando a história desse casal. Em alguns momentos não parecia que eu estava lendo,  e sim ouvido a voz da autora me contando alguns momentos. Eu simplesmente amei.

Infelizmente me faltam mais palavras, para expressar o quanto gostei dessa leitura e como se tornou importante. Quando eu leio um livro que me toca de uma forma diferente eu não consigo mais esquecer os personagens, é como se eles começassem a fazer parte da minha vida, e realmente fazem, e aqui ganhei mais um pedaço de mim. Eu estou encantada por Nic, mas quem ganhou mesmo meu coração foi Clara.

E quem também é muito fofa é a Juliane Rodrigues, a alma por trás dessa história. Como eu já disse para vocês em outra resenha, o bom de ler livros nacionais, é isso, esse contato que podemos ter com os escritores, falar com ele o que gostamos nos livros, do que não gostamos, o que nos aflige, o que mais gostamos, é ótimo isso e a Ju é um fofa, sempre tem uma palavra doce para nós fãs e conversar com ela, alegra o nosso dia.

A primeira edição desse livro ainda é independente, então quem quiser adquirir é só entrar em contato com a autora, vou deixar o link do facebook dela.

E adicionei o livro no skoob e ajudem a divulgar mais esse maravilhoso tesouro nacional.

Espero que vocês gostem.

Bem pessoal, e com esse negócio de Maratona, de citar uma música que te lembre o livro, eu acabei ficando viciada, e mesmo a maratna já finalizada, eu gostei da parte musical, e agora todo livro que eu ler, vou citar uma música para ele.

Bem, não sei se todos, mas os que eu conseguir, ok? E como um é pouco, dois é bom e três é demais, é ótimo, rs, eu não resisti e vou citar três músicas para essa história, ok?

Confiram:

Christina Aguilera – Beautiful 

Pink – Fucking Perfect

Bruno Mars – Talking To The Moon

Espero que curtam tudo, livro, resenha e músicas e deixem nos comentários a opinião de vocês.

Beijos,

 

Fernanda BragaBlog Fer e Karol

 

Resenha postada em 14/07/2014

 

Conheça o Blog Mato por livros: http://www.matoporlivros.com.br/2014/07/resenha-do-livro-salvos-pelo-amor-de.html

Comments

comments

Equipe Salvos Pelo AmorResenha “Salvos pelo Amor” pelo Blog Mato por livros

Comments 2

  1. Fernanda Braga

    Aii Ju que lindo, obrigada rs.

    Nossa eu preciso mesmo reler. Preciso sentir de novo toda a emoção, todo o sentimento, aprender mais ainda com Clara e Nic. Já aprendemos muito, mas cada releitura com certeza trará mais aprendizados ainda.

    Amo demais Clara.

    Beijosss

    Fer

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *