Simone1

Resenha “Salvos Pelo Amor” no Blog da Simone Pesci

É com imenso prazer que divulgo e faço uma breve resenha desta MARAVILHA. Aliás, eu conheci a autora Juliane  Rodrigues virtualmente dias atrás, e posso dizer, já gostei dela logo de cara. Tal minha surpresa quando ela sugeriu uma troca de exemplares, o que aceitei de prontidão. \o P.S: Obrigada, Ju! S2
Bom, deixe-me explicar, como este é o meu novo blog, a intenção inicial é trazer breves pareceres, apenas expressando o que achei e também falando pouco da obra. Não sei se vou conseguir isso, pois sou fadada a falar muito, mas tentarei. Agora confira a sinopse, book trailer que eu tive o prazer em editar e o meu breve parecer de “Salvos pelo Amor“, uma publicação independente.
Sinopse: Tudo não passava de uma brincadeira de mau gosto. Ofendido por sua ex-namorada, após ser traído por ela, Nic, guitarrista de uma banda relativamente famosa, vê no fato de Clara não ser uma mulher bonita a possibilidade de provar algo. Mas tudo muda quando ele fica doente. Clara tem que se decidir: abrir a porta de sua casa para o guitarrista arruinado ou deixá-lo à própria sorte. A convivência com alguém tão especial fará com que Nic queira mudar e ser salvo por ela. Ele está certo de que Clara é um anjo, mas, anjos existem? Com o convívio, Nic absorve exemplos de Clara e compartilha escolhas que o fazem mudar, mas Clara ainda não está preparada para essas mudanças. Salvos pelo Amor deixa claro que ninguém é tão feio quanto se vê ou tão belo quanto se idealiza.
Conheça o vídeo editado por Simone Pesci
Salvos Pelo Amor é nada mais que um enredo de fé, amor, compaixão, redenção, dentre tantos outros quesitos que eu muito aprecio em uma leitura. O livro conta a história de Clara e Nic, e questiona a fé em DEUS e o quanto nós podemos melhorar, seja no espiritual, pessoal, profissional, enfim, seja na vida.
Clara é uma assessora de imprensa e Nic um guitarrista de uma famosa banda de Rock, ambos com suas particularidades. Ela é uma garota do bem e que acredita em Deus com todo seu coração; e ele, veja bem, é desprovido de fé e bons atos e leva a vida de forma errônea, destruindo-se aos poucos, rodeado por pessoas que acredita ser seus amigos, mas que, no fundo, não se importam com ele. Os dois têm uma relação apenas profissional, porém, depois de um subterfúgio da vida, em que Nic passa um mal bocado e todos se afastam, inclusive os parceiros de banda, Clara se aproxima dele, mostrando um lado da vida que ele repudia e que, em doses homeopáticas, ela consegue fazê-lo enxergar e vivenciar.Ela foi deixada em um orfanato ainda quando criança; ele, apesar de status e tudo mais, tem uma difícil relação com a família. Contudo, é na dor e nas adversidades que ambos passam a se entender e se relacionar, envoltos em um demasiado carinho e compreendimento, que vem aos poucos, também em doses homeopáticas e deixando Nic ora pleno e satisfeito, ora transtornado. E assim segue essa linda história…

Ele relembrou tudo que havia dito a Clara e afirmou para si mesmo que, como “a melhor e o pior, formariam um casal perfeito”, mas pensou isso por pura ironia, por ela ser tão boa quanto ele jamais seria. 

É o que acontece com aqueles que ignoram as condições naturais e vencem. Eles têm a fé que os levam a ver saída onde nem portas existem, porque se querem algo, o veem como possível. Não esperam que seja como um passe de mágica, mas só aceitam o fim do jogo quando alcançam o que desejam. Fazem isso com sabedoria e por meios corretos. 

Eu disse pouco do que a história carrega consigo. Este é um lindo enredo de cunho cristão, porém, com uma narrativa e abordagem divina, sem ser prosélito e que leva uma mensagem excepcional. A autora mostrou-se uma excelente contadora de história. Na verdade, ela sequer parece uma autora iniciante, pois soube conduzir com delicadeza e maestria o enredo, em momento algum eu desanimei na leitura, pelo contrário, pois me identifiquei muito com um dos personagens, ou seja, o Nic. E depois de me enveredar nessa lindeza de enredo, passei a refletir ainda mais sobre minhas atitudes. No fundo, acho que essa era a intenção da autora, e ela conseguiu tocar o meu coração e fazer com que eu avaliasse muitos pontos abertos em minha vida. Trata-se de um drama com fundo refletivo que tocou o meu âmago e já de antemão afirmo que tornei-me fã da Juliane e que leria até mesmo a sua lista de compras. \o

A trama é muito bem escrita, narrada em terceira pessoa, com narrativa e diálogos de fácil compreensão; a diagramação é simples, com espaçamentos e fontes na medida certa, envolta em papel pólen, ou seja, o amarelinho; e sua capa é muito bonita, o que ao menos pra mim remeteu como uma possibilidade de enxergarmos as coisas de outra maneira e mudar os nossos atos. Por fim, para você que curte um lindo e FANTÁSTICO enredo que te faça refletir, eis uma excelente pedida. Eu mega AMEI!!! S2 \o

Título: Salvos Pelo Amor
Autora: Juliane Rodrigues
Gênero: Drama
Publicação: Independente
Páginas: 324
Ano: 2014

Resenha postada em: 14/07/2014
Conheça mais sobre o blog em: http://simonepesci.blogspot.com.br/2014/07/falando-em-salvos-pelo-amor-de-juliane.html

Comments

comments

Equipe Salvos Pelo AmorResenha “Salvos Pelo Amor” no Blog da Simone Pesci

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *