thalita

Thalita Pertuzatti, uma salva pelo Amor

Um fenômeno no meio musical, dona de uma voz incrível, negra, de cabelos coloridos e com um sorriso cativante, nascida em Bonsucesso e moradora de Itaboraí, Thalita Pertuzatti deu seus primeiros passos no mundo da música na infância, onde formava dupla com a sua irmã Débora Pinheiro e se apresentavam na igreja.

Thalita Pertuzatti foi vencedora do Programa Raul Gil em 2009 depois de várias apresentações de músicas nacionais e internacionais, que até hoje rendem milhões de acessos no YouTube. No SBT, Thalita também se apresentou no programa “Qual é seu talento?” com o grupo Amazing cantando sucessos da Black music. A cantora também foi uma das protagonistas do musical “O Som da Motown” que celebrava os 50 anos da Motown, a célebre gravadora americana de Black Music. E no meio dessa trajetória lançou o CD Gospel “Florescer” com 12 faixas entre autorais e de outros compositores.

Conhecida por ter sido finalista do The Voice Brasil, sua primeira apresentação no programa já foi tão emocionante que ela foi escolhida por todos os jurados. Thalita defendeu a música “Força Estranha” de Caetano Veloso. Thalita escolheu o time de Claudia Leite, venceu todas as batalhas chegando a final.

Recentemente teve sua trajetória contada no Programa Hora do Faro – com Rodrigo Faro, ganhando o título de Whitney Houston brasileira, onde passou a interpretar até os dias atuais a diva e grande referência musical no espetáculo “Para sempre Whitney Houston” se apresentando por todo Brasil.

1

2

Entrevistada por Wanderson Silvas, para o Site “Salvos Pelo Amor”, abrangendo o tema “Preconceito Racial”, a cantora responde algumas perguntas:

Wanderson – Thalita, você já se submeteu a alguma situação que sofresse qualquer tipo de preconceito durante sua trajetória? Como você lida com isso hoje em dia?

Thalita – Sim com certeza e várias vezes. E todos nós de forma direta ou indireta sofremos preconceitos, o ser humano tem mania de fazer fôrmas e sempre querer obrigar o outro a caber nessa fôrma, quando você não se adequa, não é aceito.

Hoje em dia aprendi a me ver como sou e como devo ser, pois, cada ser humano é único, sua forma é única,  assim como sua impressão digital.

Wanderson – Em meio a tantos casos envolvendo racismo no Brasil, você acredita que o preconceito racial possa ser combatido de alguma forma?

Thalita – Apesar de estarmos um pouco distante da solução eu acredito sim, que um dia amaremos o nosso próximo como a nós mesmos.

Wanderson – Como cantora, você acha que no meio artístico, o preconceito racial é menor?

Thalita – Difícil dizer, mas, posso afirmar que há uma desigualdade, e isso é bem claro.

Wanderson – Qual mensagem você deixaria para as pessoas que discriminam outras pela sua cor?

Thalita – Reflita bem a respeito. Somos todos iguais e no fim às formigas não deixarão de comer sua pele ou carne por conta de cor, por favor, tenha mais Amor.

Wanderson – Qual mensagem você deixaria para os leitores e colaboradores do Site “Salvos Pelo Amor”, que tem por objetivo, repassar a mensagem de amor ao próximo?

Thalita – Força, continuem firmes nesse propósito.

1 Coríntios: 13. 13. “Agora, pois, permanecem a fé, a esperança, o amor, estes três; mas o maior destes é o amor”.

Por Wanderson Silvas

Revisado pela equipe SPA

Comments

comments

Equipe Salvos Pelo AmorThalita Pertuzatti, uma salva pelo Amor

Comments 1

  1. Alan Teixeira

    Bela história de vida e trajetória artística, não a conhecia, mas gostei de conhecer um pouco sobre ela. Mais um talento formado em uma de nossas igrejas, uma salva pelo amor do Pai. Abraços

Deixe uma resposta para Alan Teixeira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *